A Sabesp identificou na noite de quarta-feira (29) uma intervenção clandestina na travessa localizada na altura do nº 411 da Avenida José da Costa Pinheiro Junior, no Travessão.

Por meio de denúncia anônima, técnicos da Companhia estiveram no local e por pouco não flagraram os responsáveis pela execução da “obra”, que, ao avistarem o veículo da empresa, fugiram do local.

Conforme identificaram os funcionários, tratava-se de uma ligação clandestina com cerca de 300 metros de mangueira, cujo intuito era furtar água da rede pública para abastecer construções em terrenos nessa travessa no bairro Travessão.

Na manhã de quinta-feira (30), técnicos retornaram ao local para desmontar a estrutura instalada, recolher o material e lavrar boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia de Caraguatatuba.

Segundo o gerente da Sabesp no município, Pedro Rogério de Almeida Veiga, o serviço foi esquematizado. “Tratava-se de uma fraude muito bem estruturada, muito bem feita, que iria abastecer vários imóveis. Essa travessa está em área urbana, onde os interessados poderiam acionar a Prefeitura por intermédio das Secretarias responsáveis e a Sabesp para tentar obter as ligações de água de forma legal. Foi uma má escolha, que resultará em abertura de investigação pela polícia, que ficou com os rolos de mangueira”, finalizou Veiga.


fonte site radar litoral 

Deixe seu Comentário